Assassino de parada gay de Jerusalém  está apto para ser julgadoO homem que matou uma pessoa e feriu outras cinco durante a Parada do Orgulho Gay de Jerusalém foi atestado como são para ser julgado. 

Yishai Schlissel passou por avaliação psiquiátrica por 48 horas em hospital indicado pela Justiça do país. 

Foi concluído que ele não tem nenhuma doença mental. O homem, no entanto, se recusa a ser julgado dizendo “Vocês não têm autoridade para me julgar de acordo com as leis da Torá, então eu não estou interessado em defesa”, disse o The Jerusalem Post. 

Schlissel esfaqueou seis pessoas durante o evento arco-íris em 30 de julho. Uma das vítimas, Shira Banki, de apenas 16 anos, morreu três dias depois. O assassino estava livre desde três semanas antes do ataque após passar dez anos preso por ter atacado manifestantes na mesma parada em 2005.
Coisas Judaicas

Coisas Judaicas

Blog Judaico - Tudo sobre Israel, judaísmo, cultura e o mundo judaico

Deixe seu comentário:

0 comments:

Deixe sua opinião