Coisas Judaicas : Terrorismo de radicais pode provocar nova onda de violência na Cisjordânia
[ ]
Latest News Updates
Terrorismo de radicais pode provocar nova onda de violência na Cisjordânia
31/07/15 Posted by Coisas Judaicas

Terrorismo de radicais pode provocar nova onda de violência na Cisjordânia
Incêndio criminoso mata bebê palestino e gera temor de nova onda de violência na Cisjordânia.

Palestinos observam danos provocados por incêndio em residência, que causou a morte de um bebê
Um bebê palestino foi queimado vivo durante um incêndio criminoso supostamente realizado por colonos judeus em um vilarejo na Cisjordânia, informou a polícia israelense.

Ali Saad Dawabsha, de 1 ano e meio, foi morto na casa de sua família em Duma. O ataque ocorreu durante a noite. Os pais e o irmão dele, de quatro anos, também ficaram feridos durante o incidente.

Os responsáveis pelo ataque picharam a palavra "vingança" em hebraico em uma das duas casas que foram atacadas.

O primeiro-ministro de Israel, Binyamin Netanyahu, chamou o ataque de "repreensível e terrível".

"Isso é um ato de terrorismo. O Estado de Israel condena o terrorismo independente dos perpetradores", afirmou o premiê israelense em sua conta no Twitter.

No entanto, a Organização para a Libertação da Palestina (OLP), que controla a Cisjordânia, afirmou que o governo de Israel é "totalmente responsável pelo assassinato brutal" do menino.

"Essa é uma consequência direta de décadas de impunidade dada pelo governo israelense para colonos terroristas", afirmou a organização.

Ali Saad Dawabsha morreu na hora. A mãe, Reham, o pai, Saad, e o irmão, Ahmad, foram encaminhados para um hospital em Nablus.

Por meio de um comunicado, as Forças de Defesa de Israel (IDF) afirmaram: "A investigação preliminar sugere que os suspeitos entraram no vilarejo nas primeiras horas da manhã, incendiaram as casas e picharam frases em hebraico nelas".

"As Forças de Defesa de Israel estão operando de forma a localizar os suspeitos desse ataque".

A polícia diz acreditar que o ataque tenha motivações nacionalistas.

O último ataque parece fazer parte da série de atos de vandalismo ou incêndio por extremistas judeus como forma de vingança por ações e ataques contra assentamentos judeus ou postos avançados não autorizados na Cisjordânia.

Cerca de 500 mil judeus moram em mais de 100 assentamentos construídos desde a ocupação da Cisjordânia e de Jerusalém Oriental em 1967. Os assentamentos são considerados ilegais segundo as leis internacionais.

Coisas Judaicas

Agradecemos por sua visita! Se você gostou, use um dos botões acima e compartilhe!

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Deixe sua opinião

Real Time Web Analytics