Coisas Judaicas : O 17 de Tamuz
[ ]
Latest News Updates
O 17 de Tamuz
04/07/15 Posted by Coisas Judaicas

O 17 de Tamuz

O dia 17 de Tamuz é um dia de jejum em memória à queda de Jerusalém, antes da destruição do Templo Sagrado. Marca também o começo do período das 3 semanas de luto, encerrado por Tishá BeAv. 

O dia 17 de Tamuz é o primeiro dos 4 dias de jejum mencionados no livro Profetas. A intenção do dia de jejum é despertar nosso senso de perda com o Templo destruído ? e a subseqüente jornada do povo judeu pelo exílio. 

A tristeza desses eventos nos ajuda a conquistar aquelas deficiências espirituais que acompanharam esses momentos trágicos. Através do processo de "Teshuvá" - introspecção e o comprometimento em melhorar ? temos o poder de transformar a tragédia em alegria. Na verdade, o Talmud diz que após a futura redenção de Israel e a reconstrução do Templo, esses dias de jejum serão dedicados a dias de festividades e regozijo. Conforme dito pelo profeta Zechariah: o dia 17 de Tamuz se tornará o dia de "alegria para a Casa de Judá, e banquetes festivos e alegres." 

O QUE ACONTECEU NO DIA 17 DE TAMUZ? 

Cinco grandes catástrofes ocorreram na história do povo Judeu no dia 17 de Tamuz: 

1. Moisés quebrou as tábuas da lei no Monte Sinai ? em resposta ao pecado do bezerro de ouro; 
2. As oferendas diárias do Primeiro Templo foram suspensas durante o cerco a Jerusalém; 
3. Foram abertas brechas nos muros de Jerusalém, antes da destruição do Segundo Templo em 70 a.e.c; 
4. Antes da Grande Revolta, o general romano Apostamos queimou um rolo da Torá ? abrindo precedentes para a terrível queima de livros judaicos através dos séculos; 
5. Uma imagem de idolatria foi colocada no Santuário do Templo Sagrado - um ato de blasfêmia e difamação; 

(Originalmente, o jejum era feito no 9o. dia de Tamuz quando da queda de Jerusalém antes da destruição do Primeiro Templo em 586 a.e.c., porém, depois da queda de Jerusalém em 17 de Tamuz ? antes da destruição do Segundo Templo - os sábios decidiram por uma combinação de datas para observação de ambas as tragédias, que resultou em 17 de Tamuz). 

COMO OBSERVAMOS O DIA 17 DE TAMUZ? 

1. Não comer e beber desde o nascer-do-sol até o anoitecer; 
2. Mulheres grávidas e enfermos - e aqueles cuja saúde poderia estar de alguma forma comprometida ? estão dispensados do jejum; 
3. Caso o dia do jejum coincida com o Shabat, o jejum é adiado para o domingo; 
4. É permitido banhar-se, perfumar-se e usar sapatos de couro; 
5. A reza do "Aneinu" é recitada junto com a Amidá de Shacharit e Minchá pelo chazan. Inserções individuais somente no Minchá; 
6. Selichot e "Avinu Malkeinu" são recitados; 
7. Êxodo 32:11, no qual são mencionados os "13 Atributos da Misericórdia", é lido tanto nos serviços da manhã quanto da noite; 
8. Isaías 55:6 - 56:8, que discute a renovação do serviço do Templo, é lido como Haftará no serviço de Minchá;

Autor: Rabbi Shraga Simmons 
Fonte: Aish HaToráAish HaTorá

Coisas Judaicas

Agradecemos por sua visita! Se você gostou, use um dos botões acima e compartilhe!

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Deixe sua opinião

Real Time Web Analytics