Coisas Judaicas : Novo centro judaico será construído na França
[ ]
Latest News Updates
Novo centro judaico será construído na França
03/07/15 Posted by Coisas Judaicas

Novo centro judaico será construído na França

A mais antiga organização judaica da França, junto com a prefeitura de Paris, anunciou a construção de uma instituição cultural no valor de onze milhões de dólares.

O Centro Judaico Europeu será construído no 17º arrondissement, ou distrito, no norte de Paris e deverá ser inaugurado em 2017, de acordo com o anúncio feito no domingo pelo prefeito de Paris e por Joel Mergui, presidente do Consistório Central, a organização responsável pelos serviços religiosos judaicos na França desde 1808, quando foi fundada sob as ordens de Napoleão I.

“Eu não queria partir para as férias de verão e encerrar este ano trágico para a França e para a comunidade judaica sem ser capaz de emitir uma nota de esperança”, declarou Mergui que acrescentou que o centro irá operar em um grande edifício situado em uma área de Paris onde se desenvolveu uma grande comunidade judaica.

Na segunda-feira, Hidalgo, o prefeito, deverá comparecer a um jantar na municipalidade de Paris destinado a dar início a uma campanha de coleta de fundos junto com o Ministro do Interior francês Bernard Cazeneuve e também Moshe Kantor e membros do Congresso Judaico Europeu que colaboraram na elaboração do projeto de construção do novo centro.

A instituição, que deverá servir tanto como centro de estudos acadêmicos como instituição cultural, terá também uma sinagoga, salão de conferências, sala de exposições e escritórios.

Cerca de uma quarta parte dos onze milhões de dólares previstos será paga em subsídios pelo governo. A cidade de Paris cedeu o terreno para o centro, que será um dos maiores já abertos na Europa ocidental nos últimos anos.

A construção do centro ocorre numa época em que se registram números recordes de emigração de judeus franceses devido em parte ao violento antissemitismo que já causou a morte de doze pessoas desde 2012. Os ataques são atribuídos a terroristas islâmicos radicais que visam principalmente instituições judaicas. Cerca de 20.000 judeus franceses partiram para Israel desde 2012.
Mergui disse: “Teria sido muito mais fácil desistir desse projeto e dizer que os judeus estão partindo. Mas eu quero transmitir uma mensagem diferente para a França e para os judeus: nós vamos determinar o nosso próprio futuro.”

Fonte: Artigo do jornal Jerusalem Post, citado no WJC – World Jewish Congress de 30 de junho de 2015.

Tradução: Adelina Naiditch

Siga-nos :        Facebook          Twitter


Coisas Judaicas

Agradecemos por sua visita! Se você gostou, use um dos botões acima e compartilhe!

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Deixe sua opinião

Real Time Web Analytics