Kirchner destila seu antissemitismo
Kirchner invoca personagem estereotipada de judeus:


A presidente Kirchner sugeriu aos escolares argentinos que leiam O Mercador de Veneza para a melhor compreensão da economia do país. Kirchner perturbou a comunidade judaica do país, quando invocou o personagem de Shakespeare "The Merchant of Venice" - Shylock. Kirchner disse que para entender os problemas econômicos da Argentina, deve-se olhar mais longe do que "O Mercador de Veneza", invocando o complexo e agiota judeu vingativo. Kirchner falava durante uma visita ao bairro de Villa Lugano, onde se encontrou com estudantes de Buenos Aires. 


Kirchner destila seu antissemitismoSeu comentário foi motivado pelas crianças ao dizerem que eles estavam lendo "Romeu e Julieta" para a classe. "Você tem que ler “O Mercador de Veneza para entender os fundos abutres", disse ela. A multidão riu, e Kirchner acrescentou: "Não ria. Usura e sanguessugas foram imortalizados na maior literatura." 

As observações de Kirchner foram duramente criticados pela DAIA- Delegação das Associações Judaicas da Argentina, que representam uma comunidade de cerca de 250.000 pessoas.
Coisas Judaicas

Coisas Judaicas

Blog Judaico - Tudo sobre Israel, judaísmo, cultura e o mundo judaico

Deixe seu comentário:

0 comments:

Deixe sua opinião