Coisas Judaicas : Um nova Flotilha rumo a Faixa de Gaza
[ ]
Latest News Updates
Um nova Flotilha rumo a Faixa de Gaza
16/06/15 Posted by Coisas Judaicas

Um nova Flotilha rumo a Faixa de GazaUma nova “Flotilha da Liberdade” para furar o bloqueio imposto por Israel à Faixa de Gaza.
Três  navios estão a caminho da Faixa de Gaza numa tentativa de quebrar o bloqueio imposto ao território por Israel. As embarcações são tripuladas por ativistas da “Flotilha da Liberdade”. A bordo estão ativistas pró-Palestina, parlamentares europeus e o ex-presidente tunisino Moncef Marzouki. Os planos de rotas estão em segredo de modo a evitar que sejam intercetados pelas autoridades israelitas.

Qual é o objetivo?

A flotilha leva, nos porões, painéis solares e medicamentos. Os ativistas pretendem ajudar a população de Gaza a produzir energia depois de, em julho de 2014, as forças israelitas terem bombardeado várias infraestruturas. A organização espera que, mesmo que não consigam entregar a carga, o embargo israelita ao território volte a merecer a atenção da comunidade internacional.

Antecedentes

O embargo de Israel a Gaza está em vigor há quase 8 anos. Há cinco anos, um grupo de ativistas tentou furar o embargo e foi alvo de um violento ataque por parte das forças de Israel. Dez ativistas morreram e vinte e oito ficaram feridos. Cinco soldados israelitas ficaram feridos.
Em julho de 2011, o grupo tentou, mais uma vez, chegar a Gaza, a “Flotilha da Liberdade 2”, mas foi impedido de deixar os portos da Grécia e da Turquia. Posteriormente, outras embarcações foram interceptadas pelos israelenses em águas internacionais, impedidas de chegar ao destino.


O grupo que sustenta a “Flotilha da Liberdade” tentou, também, reconverter um barco de pesca em Gaza, o “Arca de Gaza”, para tentar furar o bloqueio através do interior e assim conseguir exportar alguns produtos mas a embarcação foi destruída durante os ataques israelenses de 2014.

Coisas Judaicas

Agradecemos por sua visita! Se você gostou, use um dos botões acima e compartilhe!

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Deixe sua opinião

Real Time Web Analytics