01/06/2015

Polícia desaloja extremistas judeus

Polícia desaloja extremistas judeus
Polícia desaloja extremistas judeus que impediam cristãos de rezar em recinto sagrado.
Jerusalém, 1 jun (EFE).- A Polícia de Israel desalojou nesta segunda-feira pela força a um grupo de extremistas judeus que impediam o acesso a um grupo de peregrinos cristãos ao recinto do túmulo do bíblico rei Davi, no qual também fica o Cenáculo, informou um porta-voz desse corpo de segurança.

O fato ocorreu esta manhã no conhecido como Monte Sião, um recinto extramuro que abriga a abadia da Dormição, e a seu lado o túmulo do rei Davi e em cima desta o Cenáculo, cujo controle é disputado por Israel e Vaticano.
“No complexo do túmulo de Davi várias dezenas de judeus se entrincheiraram com o objetivo de impedir o acesso a cristãos que iam celebrar um ato de acordo ao status quo existente no local”, expressou em comunicado o porta-voz Micky Rosenfeld.
Consultado pela Efe, o porta-voz não soube dizer que tipo de ato o grupo de peregrinos ia celebrar, mas explicou que o choque com os radicais judeus aconteceu no pátio exterior do recinto, que liga os acessos a ambos os santuários.
“Os agentes os desalojaram pela força após se negar a abandonar o lugar. O ato (religioso) foi realizado como estava programado”, acrescentou. EFE


Para ler notícias em tempo real, acesse: http://www.coisasjudaicas.com 



SHARE THIS

Author:

Dúvidas, sugestões de pautas, críticas, publicidade, parcerias, etc. Entre em contato pelo seguinte email: coisasjudaicas@gmail.com

0 Comentários:

Deixe sua opinião