Coisas Judaicas : Marcha das vadias em Jerusalém
[ ]
Latest News Updates
Marcha das vadias em Jerusalém
30/05/15 Posted by Coisas Judaicas

Marcha das vadias em Jerusalém
Jovem israelense usa megafone para proferir
palavras de ordem durante a "SlutWalk

Mulheres desfilaram em Jerusalém

Jovem israelense usa megafone para proferir palavras de ordem durante a "SlutWalk" (Marcha das Vadias, como ficou popularmente conhecida em português), em Jerusalém. 

Dezenas de ativistas participaram do evento nesta sexta-feira para protestar contra a violência sexual e os argumentos de que o comportamento e as vestimentas de algumas mulheres provocam estupros e agressões sexuais.

Visite nossa Fan page: Judaicas

Centenas de mulheres desfilaram, esta sexta-feira, em Jerusalém, Israel, em mais uma edição da Marcha das Galdérias. "Não nos digam o que usar, digam-lhes para não nos violar", foi o mote do protesto contra a violência sexual que nasceu, em 2011, em Toronto, no Canadá.

As lutas de libertação das mulheres tem historicamente o caráter da escala do corpo: do controle de fertilidade às políticas de aborto, punições às violências sexuais e outras invasões ao corpo da mulher sem consentimento, maneiras de se vestir, mutilação/alterações corporais marcadas pelo gênero, chegando aos lugares que o corpo da mulher pode acessar na escala urbana, saindo do âmbito “doméstico”, para as ruas.

Países que já realizaram Slut Walks:Estados Unidos, Inglaterra, África do Sul, Alemanha, França, Holanda, Suécia, Escócia, Portugal, Israel, Dinamarca, Espanha, Índia, Singapura, Nova Zelândia, Honduras, Austrália, Coreia do Sul, Nepal, Romênia, Argentina, México, Nicarágua, Equador, Colômbia e o Brasil.

Fotos: Oto Baz Ratnes Reuters






Marcha das vadias em Jerusalém

Marcha das vadias em Jerusalém

Marcha das vadias em Jerusalém


Marcha das vadias em Jerusalém

 
Marcha das vadias em Jerusalém

Marcha das vadias em Jerusalém


Coisas Judaicas

Agradecemos por sua visita! Se você gostou, use um dos botões acima e compartilhe!

1 Comentários:

Deixe sua opinião

Real Time Web Analytics