Coisas Judaicas : Elie Cohen em seus últimos momentos
[ ]
Latest News Updates
Elie Cohen em seus últimos momentos
29/05/15 Posted by Coisas Judaicas

  Elie Cohen em seus últimos momentos
Foram reveladas as gravações em que os orientadores do lendário espião israelense Eli Cohen, do Mossad, falam pela primeira vez sobre os momentos antes da última viagem do agente a Damasco e coincidem com o 50º aniversário de sua execução.

Cinqüenta anos atrás, neste mês de maio, Eli Cohen foi enforcado em Damasco sob a acusação de espionagem a favor de Israel. Cohen, conhecido na Síria como Kamel Amin Sabet, foi um agente do Mossad, de 1962 até 1965, quando sua verdadeira identidade foi descoberta e ele foi executado após um julgamento de cinco meses.
As gravações, que foram tornadas públicas no site na web criado em sua memória, www.elicohen.org.il , foram repassadas ??recentemente para a família de Cohen.
  Elie Cohen em seus últimos momentos
"Eli era um herói. Mesmo se ele não tivesse sido capturado, tinha completado sua missão, eu ainda o definiria como um herói por passar três anos e meio em Damasco como um lutador - sómente heróis podem fazer isso", diz a voz de um dos comandantes de Cohen.

"Eu me encontrei com ele quando ele estava em trânsito na Europa, se não me engano, foi no final de 64", disse outro orientador nas raras gravações.

"Ele estava voltando de um período de férias em Israel, e nós dirigimos juntos em um carro de Paris para Hamburgo. Levamos três dias. Ele falou muito sobre sua família. Foi particularmente difícil para ele. Ele falou sobre determinadas situações em que ele havia encontrado a si mesmo. Sobre a solidão e o jogo que sempre teve que jogar, tive a honra de ser o último de Israel a vê-lo vivo, porque ele saiu de lá e nunca mais voltou".


  Elie Cohen em seus últimos momentos"Sentei-me às 20:30 e coloquei os fones de ouvido", diz outro agente. "E de repente veio um sinal de transmissão em árabe. A transmissão foi dirigida a Levy Eshkol, o primeiro-ministro israelense na época. Ele foi assinado pela Mukhabarat síria (serviço de inteligência militar). E então eu percebi que ele tinha morrido."

Cohen tinha fornecido inteligência política e defesa de valor inestimável para Israel o que permitiu êxito ao Estado judeu, especialmente durante a Guerra dos Seis Dias.

Ele tinha se tornado amigo íntimo do governo sírio e dos militares depois de alugar um apartamento próximo ao quartel general do Exército sírio.


Estes laços lhe permitiram reunir inteligência vital que ele passou para seus comandantes do Mossad, durante suas "viagens de negócios" para a Europa. Eli Cohen foi descoberto, depois que autoridades sírias começaram a suspeitar que havia um espião, após uma conspiração secreta para destruir um projeto nacional de água de Israel ter sido revelada.

Foi imposto um período de 24 horas de silêncio de rádio, mas Cohen, que não estava ciente disso, continuou a transmitir para seus comndantes e mais tarde foi detido pelas autoridades sírias.

  Elie Cohen em seus últimos momentos

Cohen foi submetido à tortura severa e interrogatório por parte das autoridades sírias antes de ser condenado e pendurado na praça Marjeh, em Damasco, em 18 de maio de 1965.

Coisas Judaicas

Agradecemos por sua visita! Se você gostou, use um dos botões acima e compartilhe!

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Deixe sua opinião

Real Time Web Analytics