Coisas Judaicas : Aumenta o comércio entre Gaza, Israel e Judéia e Samaria
[ ]
Latest News Updates
Aumenta o comércio entre Gaza, Israel e Judéia e Samaria
20/05/15 Posted by Coisas Judaicas

Aumenta o comércio entre Gaza, Israel e Judéia e Samaria 
O volume de comércio entre Israel, Gaza, e Judéia e Samaria mostrou altos resultados desde o começo do ano, à medida que tem aumentado o fluxo de pessoas e mercadorias através das fronteiras. No seu relatório de atividades mensal, a Coordenadoria de Atividades do Governo no Território, (COGAT, na sigla em inglês) confirmou para a agência de notícias Tapzit que os produtos fabricados na Faixa de Gaza estão sendo vendidos em Israel, inclusive nas comunidades acima da linha verde. 

De acordo com o representante da COGAT (unidade ligada ao Ministério da Defesa de Israel), o comércio no sentido oposto também acontece. Contrariando expectativas, as comunidades judaicas nos territórios disputados também estão fazendo negócios com mercadores palestinos em Gaza.

Em abril, Gaza recebeu mais de 63 mil toneladas de materiais de construção através dos pontos de cruzamento da fronteira israelense, uma contribuição aos esforços das reconstruções iniciadas após o conflito de 50 dias que ocorreu no verão de 2014, durante a Operação Margem Protetora.


Além disso, mais de 447 toneladas de mercadorias foram comercializadas a partir de Gaza para Israel, Judéia e Samaria, entre outros locais. Um total de 3.754 toneladas de mercadorias 
foram comercializadas desde outubro de 2014. Foram feitas mais de 760 mil travessias da fronteira no mesmo mês por palestinos partindo da Judéia e Samaria em direção a Israel, com a intenção de buscar emprego. Um grande número dessas pessoas estão empregadas na indústria de construção civil, inclusive nas comunidades judaicas na Judéia e Samaria.


Fonte: Tazpit Brasil / Texto: Zack Pyzer / Tradução: Rafael Correia

Crédito da foto: Abed Rahim Khatib / Flash90

Coisas Judaicas

Agradecemos por sua visita! Se você gostou, use um dos botões acima e compartilhe!

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Deixe sua opinião

Real Time Web Analytics