Coisas Judaicas : Scarlett Johansson apoia decisão de Hillary Clinton em disputar a presidência
[ ]
Latest News Updates
Scarlett Johansson apoia decisão de Hillary Clinton em disputar a presidência
14/04/15 Posted by Coisas Judaicas

Scarleet Johansson apoia  decisão de Hillary Clinton em disputar a presidência

Hollywood estende o tapete vermelho para Hillary Clinton



Los Angeles (EUA), 14 abr (EFE).- Hollywood não hesitou em estender o tapete vermelho para Hillary Clinton após a democrata formalizar sua pré-candidatura às eleições presidenciais de 2016, um anúncio recebido com esperança por celebridades como Jennifer López, Scarlett Johansson e Lena Dunham.

"Estou muito emocionada pela notícia. Acho que já é hora de termos uma presidente", disse López ao site "E! Online".

Johansson, por sua vez, apontou que "é o momento apropriado" para a decisão de Hillary e que esse movimento vai fazer com que as primárias sejam "muito interessantes".

"Acho que atualmente está realmente preparada. A considero uma política muito boa e representa o Partido Democrata bastante bem", acrescentou a atriz ao "Access Hollywood".

Dunham, protagonista da série "Girls", foi mais explícita em seu apoio a Hillary em sua conta no Twitter.

A atriz publicou uma imagem de Hillary prestando atenção ao telefone celular acompanhada do texto: "Esta é Hillary lendo uma mensagem minha que diz: 'Contigo em cada etapa do caminho, menina'".

A rede social também foi usada pela atriz América Ferrera para demonstrar apoio à ex-secretária de Estado.

A artista usou uma foto sua quando fez campanha para Hillary nas primárias de 2008 - vencidas por Barack Obama - e escreveu: "Acreditei nela então e acredito nela agora".

Inclusive antes de Hillary oficializar sua entrada na disputa para ser a primeira presidente dos Estados Unidos, já tinha recebido o sinal verde de pesos pesados como Robert De Niro, de quem é amiga pessoal: "Tomara que seja ela", disse o ator recentemente.

"Cumpriu todas as etapas. Ganhou o direito de ser presidente e ser o líder do país neste momento. É assim de simples. E, além disso, é mulher, o qual é muito importante porque sua maneira de agir pode ser o que precisamos atualmente", declarou De Niro.

Hillary oficializou sua intenção de concorrer à presidência americana com um vídeo divulgado neste domingo em seu site oficial.

"Candidatarei-me à presidência. Os americanos superaram tempos economicamente duros, mas o sistema ainda continua a favorecer aqueles que estão no topo. A cada dia os americanos precisam de um lutador, e quero ser essa lutadora", afirmou a ex-secretária de Estado.

Em Hollywood, uma indústria tradicionalmente democrata e que sempre teve excelentes relações com Bill Clinton, sua mensagem foi recebida com empolgação, como demonstraram as reações de artistas como as comediantes Amy Poehler ("Parks and Recreation") e Uzo Aduba ("Orange is the New Black").
Poehler, através de sua conta oficial no Twitter, publicou um vídeo em que aparecia junto de Hillary com a legenda: "Vamos fazer isso", e Aduba decidiu expressar seu sentimento com uma só palavra: "Hillary".
O presidente da DreamWorks, Jeffrey Katzenberg, que em outubro foi anfitrião de um jantar em que Hillary arrecadou US$ 2,1 milhões para a campanha democrata das legislativas de novembro, declarou "100% de apoio" à candidata, disse seu agente ao "Hollywood Reporter".
O mundo da música também repercutiu positivamente o anúncio, com tuítes como o da veterana Carole King ("Estou dentro") e o da jovem estrela Ariana Grande, que optou por "gritar" sua alegria com a decisão de Hillary com um: "yaaas".

Magic Johnson, estrela do Los Angeles Lakers, também comentou a oficialização da candidatura de Hillary. "Acho que Hillary Clinton será uma grande presidente para o povo americano e garantirá que todo mundo tenha sua própria voz", publicou no Twitter.

"Ela lutará pelos pobres e pela classe média e apoiará os jovens", afirmou o ex-jogador de basquete, que disse que os principais beneficiados, se Hillary chegar à Casa Branca, serão "as famílias de baixa renda, os latinos, os afro-americanos e todas as minorias". 

Coisas Judaicas

Agradecemos por sua visita! Se você gostou, use um dos botões acima e compartilhe!

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Deixe sua opinião

Real Time Web Analytics