Coisas Judaicas : Comunidade judaica comemora os 67 anos da Independência de Israel
[ ]
Latest News Updates
Comunidade judaica comemora os 67 anos da Independência de Israel
30/04/15 Posted by Coisas Judaicas

A comunidade judaica brasileira comemorou em diversos Estados os 67 anos da Independência de Israel, completados em 23 de abril.

Dezesseis entidades judaicas paulistas promovem uma semana de atividades, de 23 a 30 de abril. Cerimônias de Shabat especiais, apresentações musicais e de dança, oficinas de arte, exposições, mercado com especialidades da culinária judaica, Feira da Comunidade da Na’amat Pioneiras São Paulo marcam o evento União em Iom Haatzmaut.

Em ato solene organizado no domingo, 26 de abril, pelo Consulado Geral de Israel em São Paulo, o presidente da Conib. Fernando Lottenberg, afirmou: “A despeito de todas as conquistas de Israel, vários desafios permanecem, como a integração e a melhoria de condições de vida de sua população árabe, o futuro econômico, os ultraortodoxos, mas nenhum é mais importante do que viver em paz e harmonia com seus vizinhos. Esse é nosso desejo e a nossa missão. Em Israel ou na Diáspora, estamos todos comprometidos com a civilização judaica, termo cunhado por Martin Buber, pensador e professor, judeu e sionista”. Leia o discurso completo de Fernando Lottenberg.

O embaixador de Israel, Reda Mansour, elogiou a programação do evento: “Em Israel, comemoramos em um único dia. Fiquei surpreso com esta semana inteira de comemorações”.

O ato solene foi feito em parceria com  a Federação Israelita do Estado de São Paulo e A Hebraica e teve apresentações do Coral e Orquestra da Unibes e da Orquestra de Violões da CIP.

A Comunidade Shalom trouxe a São Paulo a cantora israelense Noa, para um show que reuniu 600 pessoas. Noa também se apresentou no Rio de Janeiro, em evento promovido pela Fierj e federadas. "Em nenhum outro lugar do mundo encontrei gente tão carinhosa como aqui”, disse ela ao programa Comunidade na TV. “Foi uma honra celebrar com vocês a Independência de Israel". Veja a reportagem.

Na ocasião, a TV Record entrevistou o embaixador de Israel, Reda Mansour, e mostrou partes do show.Assista. 

A Fierj homenageou com o prêmio Theodor Herzl o secretário municipal de Cultura e presidente da Rio 450, Marcelo Calero.

Festa no Nordeste

A Sociedade Israelita da Bahia realiza este mês e em maio eventos em comemoração Iom Haatzmaut e também em prol das obras do Cemitério Israelita da Bahia e de sua nova sede.

Com o patrocínio da Agência Judaica do Brasil e Projeto Masa, está em cartaz até 17 de maio em Salvador a exposição "Herzl: Cerca Y En Vivo". No dia 23, foi realizado um show com a cantora Clarita Paskin e o pianista Haroldo Goldfarb.

Os artistas visuais Israel Kislansky, Janete Kislansky, Sergio Rabinovitz, Salomão Zalcbergas, os escritores Áurea Abensur, Karina Rabinovitz e Nivaldo Lariú, realizar junto com a SIB, uma exposição na nova sede da SIB, em que 50% do rendimento da venda das obras serão revertidos para as obras da SIB.

No Rio Grande do Norte, o aniversário de Israel foi celebrado em 26 de abril com a fundação da Associação Israelita de Grossos e Kehilat Ohel Moshe, com a participação de membros e líderes das comunidades judaicas de Tibau, Grossos e Mossoró, além de representante do Centro Israelita do Rio Grande do Norte, de Natal.

“Ficamos muito felizes que o Eterno nos tenha concedido esse momento. Não sabemos nem como nos expressar de tanta felicidade, porque desde 1994 pretendemos retornar ao judaísmo, e não é fácil”, disse o diretor da Associação, Elias Ferreira. Ele é um Ben Anuss, descendente de judeus forçados a se converterem ao cristianismo durante a Inquisição.

Em Fortaleza, a comemoração da Sociedade Israelita do Ceará uniu “até altas horas” adultos e crianças.

Sessão solene em Porto Alegre

A Câmara Municipal de Porto Alegre realiza nesta quarta-feira, 28 de abril, sessão solene em homenagem aos 67 anos da criação do Estado de Israel. A proposta, aprovada por unanimidade, é de autoria do vereador Valter Nagelstein.

Na capital gaúcha, a passagem de Iom HaZikaron – Dia da Lembrança dos Caídos nas Guerras de Israel, para o Iom HaAztmaut foi celebrada na noite de 22 de abril na sinagoga da SIBRA. A atividade comunitária, feita em parceria com a Federação Israelita, reuniu mais de 100 pessoas, com cerimônia religiosa dirigida por Guershon Kwasniewski e participação dos rabinos Pablo Iugt, do Centro Israelita Portoalegrense, e Ari Oliszewski, da União Israelita Porto-Alegrense.

O evento em São Paulo resultou de parceria entre Conib, A Hebraica, Agência Judaica, Arquivo Histórico Judaico, Beth-El, B´nai B´rith do Brasil, Congregação Israelita Paulista, Consulado Geral de Israel, Federação Israelita do Estado de São Paulo, Fundo Comunitário, Israel Bonds, KKL Brasil, Lar das Crianças da CIP, Masa, Na´amat Pioneiras São Paulo, Unibes e WIZO São Paulo.

Discurso de Fernando Lottenberg

"Estamos aqui hoje para celebrar o 67° aniversário do Estado de Israel. Temos aqui na Hebraica intensa programação ao longo de uma semana, como forma de comemorar com relevância esta data que, para todos nós, tem especial significado.

A criação do Estado de Israel foi concebida pela ONU no ano de 1947, mas desejada há dois milênios por pensadores, militantes, líderes e todo o povo judeu. A partilha da Palestina foi um ato político, no sentido de criar duas nações para dois povos, que conviveriam no mesmo território. Os judeus aceitaram prontamente; a nação árabe não apenas rejeitou a decisão como, logo depois da criação de Israel, tentou aniquilar o estado recém-criado.

Em seus 67 anos de história, Israel tem uma longa lista de realizações a apresentar ao mundo.

Dentro da tradição judaica de dar importância central à justiça social, o país oferece ajuda humanitária por todas as partes: às vítimas do Ebola na África; do terremoto no Haiti, do tsunami na Indonésia, do furacão Katrina, em New Orleans, EUA. Possui uma agência de cooperação internacional que já ajudou 140 países em desenvolvimento no combate à pobreza, em serviços básicos de saúde e educação, em técnicas agrícolas. Além disso, oferece ajuda médica a crianças de diversos países árabes e da Autoridade Palestina, portadoras de doenças graves.

Israel é líder mundial em tecnologia médica e biológica. É o segundo do mundo em número de computadores per capita e o terceiro em registro de patentes. No cuidado com o meio ambiente, também se destaca. Desde a década de 1960, Israel contribui para o desenvolvimento da agricultura no semiárido brasileiro. O país também está na vanguarda do uso de fontes alternativas de energia.

Os judeus são conhecidos como o “Povo do Livro”; Israel justifica o epíteto: 97% de sua população é alfabetizada. É a segunda maior taxa de alfabetização do mundo.

Ari Shavitt, em seu livro “My Promised Land”, destaca a capacidade de Israel, desde a época pré-estatal, de enfrentar os desafios que lhe foram colocados. A despeito de todas as conquistas acima mencionadas, vários outros desafios ainda permanecem, como a integração e a melhoria de condições de vida de sua população árabe, o futuro econômico os ultraortodoxos, mas nenhum é mais importante do que viver em paz e harmonia com seus vizinhos. Esse é nosso desejo e a nossa missão. Estando em Israel ou na Diáspora, estamos todos comprometidos com a civilização judaica, termo cunhado por Martin Buber, pensador e professor, judeu e sionista.

Chag Sameach!"




Fernando Lottenberg, Reda Mansour e Eduardo Wurzmann no Ato Solene em São Paulo. Foto: Divulgação.




Dançarinas na comemoração de Iom Haatzmaut em São Paulo. Foto: Divulgação.




A cantora israelense Achinoam Nini (Noa) no Rio de Janeiro. Foto: Facebook.




Festa na Sociedade Israelita da Bahia. Foto: SIB.

 



Comemoração na cidade de Grossos (RN). Foto: CIRN.



Festa em Fortaleza. Foto: SIC.



Rabinos Ariel Oliszewski e Guershon Kwasniewski em Porto Alegre. Foto: Firs.


Jovem acende vela no Iom Hashoá acompanhado por Sérgio Caraver, presidente da Sibra. Foto: Firs.

Coisas Judaicas

Agradecemos por sua visita! Se você gostou, use um dos botões acima e compartilhe!

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Deixe sua opinião

Real Time Web Analytics