Coisas Judaicas : A Cidade Judia de Praga
[ ]
Latest News Updates
A Cidade Judia de Praga
26/01/15 Posted by Coisas Judaicas

A Cidade Judia de Praga
Revelem as histórias do bairro judeu praguense!

Poucas cidades européias podem orgulhar-se com um bairro judeu mais conservado que Praga. Seis sinagogas, uma prefeitura judia, um cemitério mágico e um genius loci irrepetível fazem de Josefov praguense um lugar que definitivamente não deveriam omitir durante as suas andanças pela cidade de ouro. Conheçam a história agitada dos Judeus praguenses, a sua arquitetura, tradições, hábitos e histórias que pertencem às mais trágicas no âmbito do século XX.

O estado de conservação da cidade judia é paradoxalmente graças a Adolf Hitler. Foi justamente o líder nazista que decidiu construir em Praga o „Museu da raça extinta”. Graças a isso se juntavam nessa área objetos de valor dos países ocupados e assim surgiu a maior coleção de objetos judeus na Europa. Hoje em dia é Josefov novamente um lugar vivo com uma numerosa comunidade judia, pela qual conhecerão mais um pedaço do mosaico da evolução de Praga de cem pináculos.

Lá, onde descansa Golem

Logo quando passarem pela luxuosa rua Pařížská, encontrarão na frente da impressionante cumeeira de Staronová synagoga („Sinagoga velha/nova“). Com certeza não omitem a sua visita. Não só que é a mais antiga  sinagoga conservada em toda a Europa, mas também o seu interior mágico guarda muitas curiosidades. Segundo uma das lendas justamente aqui descansa o mítico Golem – o precursor do monstro de Frankenstein que abundava com uma força gigante e foi objeto de interesse de muitos reis e imperadores.

6 sinagogas, inúmeras histórias

Um silencioso lembrete das vítimas do holocausto podem encontrar em Pinkasova synagoga. Pois nas suas paredes há o mais comprido epitáfio do mundo, que leva os nomes dos que morreram nos campos de concentração nazi. Umas belas amostras da típica arquitetura judia encontrarão também nas sinagogas Maiselova, Klausova e Espanhola, cujo interior lhes impressionará com a sua deslumbrante decoração de ouro. Perto de Staronová synagoga vejam a prefeitura judia com a sua torre pitoresca que pertence aos símbolos do bairro judeu praguense.

Um lugar com uma magia irrepetível

As pedras tumulares misteriosas acavaladas uma por cima da outra, um castelo de luzes e sombras, um sussurro silencioso dos ramos das árvores e milhares de histórias que aqui aconteceram. É o Antigo cemitério judeu que figura entre os maiores do mundo. Graças ao espaço limitado e ao hábito judeu de não permitir destruir as sepulturas velhas, o cemitério foi algumas vezes preenchido com terra, na qual surgiam sepulturas novas. Hoje em dia em alguns lugares há até doze camadas uma por cima da outra.


O Museu Judaico em Praga

A Cidade Judia de Praga



O gueto misterioso de Praga, carregado de lendas do Golem e rodeado pela sinagoga e pelo cemitério judio…conheça o melhor da cultura judia na Europa Central!

Embora o Museu Judaico em Praga já tenha festejado o centésimo aniversário da sua fundação, se presentará a você como um centro da cultura judia na Europa que é moderno, aberto e dinâmico. Ao longo da visita ao Museu você caminhará pelas ruelas da antiga cidade judia, visitará várias sinagogas e também o famoso Antigo cemitério judio.

Como viviam os judeus na Europa Central

O Museu Judaico, que registra a história, as tradições e os hábitos da população judia na Boemia e na Morávia, foi fundado em 1906. Hoje o Museu cuida de uma das maiores coleções de objetos judaicos no mundo que conta com ricas coleções de prata e de têxtil, 40 000 objetos de coleção e 100 000 livros.
Além da galeria de Robert Guttmann, do café e do centro educacional, a visita ao Museu Judaico abrange sete locais. Você pode escolher: a Sinagoga de Maisel, com a exposição da história mais antiga dos judeus nos países tchecos, ou a Sinagoga de Pinkas, com o Memorial do holocausto dos judeus tchecos e morávios que foram assassinados pelos fascistas e que apresenta também a exposição dos desenhos das crianças de Terezín. Você pode visitar igualmente a Sinagoga de Klaus e a Sala de Cerimônias, sendo as duas dedicadas às exposições que apresentam as tradições e os costumes judeus, ou a Sinagoga Espanhola, que conta com uma decoração magnífica e que oferece uma exposição que aclara a história mais moderna dos judeus, apresentando uma coleção excepcional de objetos de culto em prata.

Onde o legendário criador do Golem sonha com o dia eterno?

O Antigo Cemitério Judio, conhecido em todo o mundo pelas suas cerca de 12000 pedras sepulcrais, é um lugar com uma atmosfera mágica. O cemitério, onde descobriram já 12 camadas cemiteriais, se conservou praticamente na extensão original e hoje pertence aos lugares mais visitados de Praga. O objeto mais procurado é a tumba do rabi Jehuda Löw ben Becalel, o criador do Golem misterioso. Os visitantes põem nela centenas de pequenas pedras e colocam também desejos escritos em fragmentos de papel.

A Sinagoga Espanhola em Praga
A Cidade Judia de Praga


Vitrais de cores fortes, motivos orientais estilizados e ouro brilhante – é a mais bela sinagoga da cidade judia de Praga!

A sinagoga mais recente das seis sinagogas históricas de Praga foi construída no estilo exótico, mouro-espanhol, na segunda metade do século XIX.

Há motivos orientais estilizados na ornamentação de paredes, portas, balaustradas, galeria e cúpula; arabescos de estuque e vitrais de cores fortes sublinham essa impressão. Você verá aqui uma parte da exposição histórica do Museu Judeu que forma a continuação da exposição na Sinagoga de Maisel. À atenção chama também o tesouro de prata das sinagogas tchecas e moravas. Mais de seis mil artigos apresentam o trabalho de treze gerações de ourives  e prateiros centro-europeus.

Coisas Judaicas

Agradecemos por sua visita! Se você gostou, use um dos botões acima e compartilhe!

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Deixe sua opinião

Real Time Web Analytics