Coisas Judaicas

Sobrenomes

Notícias Judaicas

Cultura & Arte

Notícas de Israel

Confira também

Comida Judaica

» » » » Tzniut, a proteção da mulher judia

Tzniut


Imagine um comerciante de diamantes viajando no metrô para o trabalho. Será que ele transporta os seus diamantes em uma mala transparente, exibindo suas pedras preciosas para todos os passageiros? Claro que não! Ele certamente fará o possível para escondê-los a fim de protegê-los de roubo.

A mulher judia é um diamante, sua beleza exterior, que é um reflexo do seu valor interno, precisa de proteção. Portanto, Hashem em Sua infinita bondade - concedeu-lhe a mitzvá vital de Tzniut que a esconde e protege.

Quando percebemos que as leis de Tzniut servem para nossa proteção, começamos a valorizá-las e usufruí-las. Rabi Mattisyahu Salomon Shlita, Rosh Yeshivá de Lakewood Yeshivah, explica isso com uma analogia comovente:

Imagine um sujeito que está dirigindo na estrada, em Eretz Yisrael, apreciando a paisagem pitoresca da Terra Santa. De repente, ele vê uma placa: "A fronteira é aqui". Imediatamente, ele se vira para trás. Ao voltar para casa, ele envia uma carta frustrado com o governo afirmando: "Eu estou muito decepcionado com seus serviços. Eu estava tendo um bom tempo viajando pelo país e seu sinal me forçou a retornar. Você arruinou a minha viagem".
Isso soa ridículo. Certamente, uma pessoa sensata ficaria muito grato ao governo por tomar a responsabilidade de proteger seus cidadãos.
Então, Hashem, nosso Pai que nos ama muito, nos deu a mitzvá de Tzniut para nos proteger.
As mulheres precisam de proteção extra. Vemos isso a partir da bênção dos Cohanim (Números 6,24): "Que D'us te abençoe e vos proteja." Chazal (Nossos Sábios) explicam: a expressão "te abençoe" refere-se ao dom dos filhos, enquanto que a expressão "vos proteja" refere-se a o dom das filhas, que precisam de proteção extra.

Mesmo a sociedade não observante reconhece a grande proteção que a modéstia oferece à mulher. O artigo: "Dicas para mulheres que viajam sozinhas" foi encontrado em uma revista de viagens AAA escrito por uma mulher não-observante:

"A seguir estão algumas das dicas que podem ajudar a reduzir a atenção sobre voce: Cobrir-se. O sol pode estar grelhando, mas é melhor para você estar lá fora com uma blusa de mangas compridas e soltas, saia abaixo do joelho do que uma camiseta de mangas curtas e shorts. Evite topes low-cut ou saias justas. Para fazê-la ainda mais segura, tente manter os cotovelos e os joelhos cobertos. Evite contato com os olhos. Deixe o perfume e as jóias em casa. Evite comportamento indecente, como falar alto ou rir".

A autora deste artigo não queria escrever uma resenha de Halachot (leis) de Tzniut, ela estava baseada em pareceres e afirma que ela os tem observado.

Pat, uma Baalat Teshuvá que era a compradora chefe da Anne Klein, certa vez confidenciou para Rebetzin Zahava Braunstein e”h o seguinte:

"Você sabe qual a mitzvá que me inspirou a tornar-se religiosa? A primeira vez que ouvi falar de Tzniut, ela me arrebatou. Como eu estava ligada no negócio de moda, eu entendia os motivos imorais dos designers. Eu estava ciente de como as mulheres são degradadas em seus olhos. Quando eu ouvi sobre as leis de Tzniut, eu disse a mim mesmo: 'A religião que dá essa dignidade e proteção às mulheres, essa religião é para mim'. "

Sim, devemos ser eternamente gratas a Hashem (D'us) por nos conceder a mitzvá de protecção de Tzniut.

Leia também: Estilo judaico de se vestir

Jorge Magalhães

Um Blog que fala sobre o judaísmo,cultura e fatos de Israel.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

1 Comentários for Tzniut, a proteção da mulher judia

  1. Shalom! Gostei muito do texto, serviu de auta ajuda!

    ResponderExcluir

Select Menu